terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Deixe o Big Brother em paz!

Ok, todo mundo sabe que Big Brother não adiciona muita coisa a ninguém. Mas me deixa intrigada o jeito como os intelectuais esnobam tanto o "povo" que assiste esse tipo de programa...

Ainda beeeem, né gente, que as pessoas esclarecidas - que tem um intelecto avançado, que são inteligentes, ricas e tem de fato o poder de mudar as coisas - não assistem Big Brother. Ainda bem que é só o povo, só a "massa" que gosta desse tipo de coisa, né?

Ainda bem que a massa não tem poder nenhum onde a gente vive! É por isso que tudo tá tão bem no nosso país, tudo certinho, ajeitadinho, justo...

No fim, quem acaba sendo mais hipócrita não é quem assiste, por estar desperdiçando seu tempo, mas quem critica de um jeito superior, querendo se achar melhor que os outros.

Liçãozinha de vida, pode ser? É uma que me ensinaram faz um tempão já... Me falaram assim: Você nunca vai ser melhor que ninguém. Você não tem razões pra que se sinta superior às outras pessoas. E mesmo que se destaque muito em algo que faça, sempre vai ter alguém ainda melhor que você. Nunca se sinta no direito de olhar para os outros de cima, gracinha.

Sabe, eu acho isso muito justo... De você tentar sempre fazer as coisas pensando na igualdade entre você e as outras pessoas...

É que tá na moda querer pagar de cult. Tudo bem você não gostar de algo, mas criticar só por criticar é muito, muito chato. Um montão de gente sai falando que cultura de massa é uó, que novela é uma porcaria porque não tem "qualidade" nenhuma (porque ouviu alguém dizendo), que tal estilo de música é podre, sem isso, sem aquilo..., que fulana é péssima atriz só porque veio do Big Brother...

Falando na fulana... Gente, por favor, alguém me diz ONDE a Grazi é tão péssima atriz? Assim, por favor! Sabe, eu gosto muito desse negócio de interpretar e tudo mais, e eu sei que tô a quilômetros de ser uma crítica especializada e tal, mas eu consigo ter uma mínima percepção da diferença entre um ator esforçado e alguém dizendo falas decoradas... A Grazi não é uma péssima atriz!! Ela estuda muito, se prepara muito, se esforça muito! Então qual é o bendito problema!? É só porque ela saiu de um programa de cultura de massa? É só porque nós, como jovens e adultos promissores TEMOS que falar mal?

O Big Brother Brasil em algum momento se propõe a formar opiniões? A ser uma ferramenta de instrução social e cultural? Hum, acho que não. É en.tre.te.ni.men.to. Vamos procurar no dicionário?

Não, eu não amo Big Brother. Nem amo funk, nem axé, nem sertanejo e nem filme dublado. Eu tento, como a grande maioria dos meus amigos (ainda bem), criticar só o que eu não gosto porque conheço, e não porque não gosto simplesmente por não gostar. E não vou me atirar do abismo por assistir Big Brother. Meu irmão assiste BBB. Minha irmã assiste BBB. E eu não os amo nem uma agulha a menos por isso.

6 comentários:

Nathalia Fernandes disse...

Falou e disse.
Uau!

Lidia Zuin disse...

É, meu.. tem nego que curte criticar porque é legal ser cuzão e falar mal de cultura de massa, justamente, pq é da massa e não do granuladinho daonde ele veio. É um saco. Às vezes fica óbvia a falta de intenção, de vontade de fazer algo bom ou então é uma simplicidade tão exagerada e óbvia que acaba perdendo o 'valor'. Eu não gosto de BBB pq eu não vejo graça... acho um programa esquisito, na verdade. Mas se vc for ver, o BBB brasileiro é um dos mais lights em torno do mundo ahhaah... nego só assiste pra ficar na espectativa mesmo, pq porrada, putaria e essas coisas não acontece ou então é censurado... agora, nego que PAGA pra ver a casa 24hrs é tipo um puta de um afago ao stalkerismo. É bizarro.

Bem, eu nem to acompanhando esse.Sei que tem um casal de velhos de mais de 60 anos e só, não sei quem saiu, nem nada... Não me interessa! Eu não assisto tv e como pseudojornalista eu deveria ficar envergonhada disso, mas.. HIAEU\HAE dane-se

Dindi disse...

Ok, confesso que eu me irrito com programas como "Domingo Legal" e "Domingão do Faustão" e fico mais puta ainda em saber que eles tem grande audiência.
Confesso também que adquiri um problema com novelas porque elas modificam demais o roteiro e enfim, eu não acompanho mais nenhuma. Mesmo assim reconheço que elas tem qualidade... é um puta trabalho produzir novela e não é atoa que o Brasil consegue exportar um monte.

Agora o ponto principal: Tem muuuuito cult/intelectual que fala mal do BBB e assiste. Nega até a morte que vê mas vê.
Eu Vejo Big Brother e eu gosto. (nem todo dia, ok... mas hje -ó paredão- eu assisti) e até votei na internet pra sair o vélho tarado.

enfim, eu confirmo o que a Lidia disse: Ela não assiste tv, simples assim.

Thamy disse...

Assistir bbb não deixa a pessoa mais lerda, e tbm não acrescenta nada.As pessoas escolhem como vão disperdiçar o tempo, seja vendo bbb ou lendo um livro que nunca vai entender...

Joana Burd disse...

É bem fácil criticar a cultura de massa apenas pelo fato dela ser de massa. Temos q perceber q tb existem aqueles programinahs totalmente dispensáveis... mas ai vai do gosto da galere!
Eu já tive minha fase BBB, já torci, já votei, hj acho q não tem graça nenhuma e cansa ver TODO mundo falando dele. Na verdade o q me irrita é ver a importância q dão ao BBB. "Foda-se que fulano robou tantos mil dos cofres públicos, Mariacleunice voltou do paredão!!". Pode parecer um papo idealista-tosco, mas juro q não é. Só quero tentar exemplificar a forma como a própria Globo até, por ser o maior canal de noticias assistido pela massa, coloca o BB à frente de qualquer outro acontecimento q deveria ser mto mais relevante.
Pra terminar, acho a Grazi uma fofa e vejo o quanto ela está se esforçando, não é como alguns q acordam um dia e querem atuar, e pior, conseguem papéis só por estarem 15min na midia!

Anônimo disse...

eu não sou elite, nem culto, apenas não gosto de Big Brother. acho que é tudo armado editado e inventado e tenho sim direito de criticar, aliás tenho pena de quem assiste enganado achando que aquilo é de verdade.