sábado, 30 de janeiro de 2010

Sobre essa história de fazendinhas

Sabe, o campo não gosta de mim.

Ano passado, há uns meses atrás, o pessoal da faculdade tava vidrado no Farmville, aquele joguinho de fazendinha do Facebook onde você faz seu bonequinho, planta, colhe etc etc... (etc porque não sei mais o que o Farmville faz)


Farmille, a fazendinha do Facebook. Acho que esse é um exemplo de fazenda bem sucedida...

Virou uma feeeebre: as minhas amigas saíam no meio da aula pra colher suas frutas e tudo mais, porque ele te avisa em quanto tempo você tem que voltar lá pra alimentar sua vaca e todo o resto...

E eu meio "gente, para com isso!", né?

Aí, um tempo depois, a moda chegou pras classes baixas da sociedade, ops, digo, pro Orkut, com uma versão que chama Colheita Feliz. Ela é diferente da fazenda do Facebook, é mais difícil aumentar a plantação, vc tem que ir ganhando experiência e tal, pode desembolsar dinheiro de verdade... E pode roubar coisas das fazendas alheias! Não sei se no Farmville dá pra fazer isso, mas é a coisa maaaais legal de fazer >)!

Tadãn, a Colheita Feliz. Gente rica compra abelhinha, coelho, pavão, trio elétrico (!)

Aconteceu que meus amigos (meninos, crescidos, fofuchos e tal) viciaram na colheitinha. Depois, meu namorado fez uma pra ele também. Ele me mostrou como funcionava e, quando eu estava entendiada, eu entrava na dele pra roubar coisinhas dos outros pra ele (não sou malvada gente, me entendam, eu roubava mas quando tinha larvinhas ou ervas daninhas eu tirava tudo, tá? Sou pobre mas sou limpinha)... Mas assim, uma coisa casual, eu não tava entrando na onda não, eu juro, eu juro, eu...

Eu mordi a língua. Hoje, nessa manhã chuvosa, acordei, liguei o computador e, ai papai do céu, criei uma Colheita pra mim! Na verdade eu queria mais ver as plantações das pessoas da minha lista (acreditem), já que na do meu namorado eu só conseguia roubar, digo, ver as colheitas dos amigos dele.

Criei, plantei, cuidei, comecei a roubar dos outros... Minha irmã vê e:
- Hahahaha tá brincando que você tá jogando isso? Você sempre falou mal!
- Não... Eu... só fiz pra roubar a dos outros...!
- ?
- É, não é pra ficar brincando...
- Ah é. E vc quer roubar dos outros pra? Pra ter dinheiro, plantar e cuidar da sua ¬¬
- *vergonha*

hahahaha, tudo bem. Depois de roubar de todo mundo, eu fui gastar meu dinheirinho. Aí eu vi um cenário maneiro de arco-íris, e com o meu dinheiro dava pra comprar o canil (mas eu não tinha cachorro, chato), uma casinha acho, e um cercadinho super legal pra galinha que eu tinha acabado de comprar. DAÍ O QUE EU FIZ? Comprei o cercadinho né gente? Foi super caro, mas comprei. Tá... Comprei... e cadê ele?

Ele não veio! Não apareceu! Descontou metade do meu dinheiro mas não veio ximbica nenhuma de cercadinho! Qual é a desse jogo maldito? Me roubar assim logo de cara? Tentei procurar meu cercadinho, ver se ele tava guardado em algum lugar, mas não, nada! Pensei que podia demorar um pouquinho pra aparecer, mas nada, nada! Absurdo :____(

Aí eu percebi que era destino. O campo não gosta de mim.
Então eu fui lá, cliquei no editar...

E matei minha fazenda.
Fim.

... voltei a ser uma pessoa normal depois, eu juro. Bom, na verdade eu não sei se voltei a ser uma pessoa normal, porque faz tipo 20 minutos que eu matei minha fazenda, que durou 45 minutos... Mas a intenção é a que vale, um beijo! ;)



UPDATE: Depois de deletar o meu aplicativo, entrei na do meu namorado e vi que a minha ainda existia! Parece que não dá pra deletar! =O E vai contra meus princípios deixar tudo aquilo que eu tinha feito morrer! :( Daí eu ressuscitei minha fazenda e ainda consegui encontrar o cercadinho. Me matem.

Um comentário:

ligadona disse...

Outro dia a irmã de uma amiga minha me explicou esse joguinho, achei uma robalheira! rsrsrsrs...Eu n fico mto no Orkut!
=1