domingo, 11 de maio de 2008

sobre o dia das mães (e os presentes)

Normalmente, no dia das mães, eu, meu pai e meus irmãos saíamos para comprar umas lembrancinhas pra minha mãe - tudo pa(i)trocinado pelo papaizinho, é claro, já que nós três éramos meras criancinhas pidonas (isso até o ano passado. Ok). Esse ano os filhos propriamente ditos resolveram tomar vergonha na cara e comprar presentes bem gatões pra aquela que tem o abraço mais acolhedor do mundo. Juntamos a graninha, e lá vai a Fernanda sair pela Avenida Paulista atrás dos presentes perfeitos. Nessa me dei conta que o dinheiro que eu tinha pra comprar as coisas seria exatamente o mesmo que eu tinha para almoçar e passar a semana em Sampa. Xi, e agora? Ok, almoço é o de menos... Não? Aiaiai, mas por ela, vale!
Comprei um livro na Fnac (nunca mais compro nada lá, devia ter comprado na Cultura, além de ser muito mais hype :9, eu ainda podia ganhar pontos no meu cartãozinho ¬¬ haha) e um porta retrato LINDO da Imaginarium, que eu sabia que ela amaria. Passei a tarde da 5ª feira juntando as fotos mais lindas nossas pra montar o porta retrato pra ela, esperando que ela gostasse muito :)
Esperamos ansiosos o domingo chegar (com aquele orgulho de 'fui eu que fiz'), e entregamos os presentes agora há pouco, ela (e nós) com lágrimas nos olhos.
A minha mãe, depois de ver os presentes e agradecer por eles, contou que estava triste por uma amiga dela, porque o filho dessa moça (que já estudou comigo) estava usando drogas, das fortes. Eu fiquei com muita pena dessa mulher, mas fiquei também orgulhosa de mim e dos meus irmãos, que estávamos em volta da minha mãe paparicando ela e fazendo do seu dia das mães um dia muito gostoso. Que bom, sabe? Eu não entendo quem consegue fazer aquela que mais te ama no mundo sofrer de propósito. É muito bom ver o sorriso da minha mãe. Ouvir os conselhos dela, dar risada com ela, ver televisão no colo dela... Eu, que fico a semana toda fora (ai...) sei cada vez mais disso. Mãe é tudo de bom (tudo mesmo. Mesmo).
Desejo um dia das mães muito bacana pra todos vocês, e pras mamães de vocês também :D
Te amo mãezinha, você é sempre o meu tudo, sempre a minha motivação e sempre o meu amor maior. Te amo :)

E pra fechar com chave de ouro, olhem isso, amiguinhas!

Um comentário:

naomais disse...

"Passei a tarde da 5ª feira juntando as fotos mais lindas nossas pra montar o porta retrato pra ela, esperando que ela gostasse muito :)"
É verdade! As fotos eram muito fofas. Mas, sinceramente, nenhuma delas ganha da foto de uma garota coberta pelo edredon com a maior e melhor cara de susto/brava/wtf? do mundo.

Beijos, Ana.

PS: Tônico com guaraná é MUITO bom! Mas, o Rivaldo é from hell!